Peregrinação à Fátima

Chegam de todos os lados, com ganas de entrar Nela. É um desejo primário que os move, abandonaram tudo para A procurar.

Ela aguarda-os, paciente mas autoritária e, portas abertas, recebe um após outro, após outro, após outro… Apesar da pressa em se aliviarem, são submissos na chegada, lavando-se, preparando-se para o ritual.

Dominante, Ela dita as regras, coloca-os abaixo, no seu lugar. Prostra-os, cajados usados e postos de lado.

É preciso criar ambiente, Diz. Acendam umas velas, bebamos o vinho com os lábios, provemos o corpo com a língua.

As mãos tocam bustos lisos em carícias demoradas e alguns preliminares beijam pés.

Cumprindo promessas, entregam-se ao prazer agridoce, gritos e lágrimas. A carne arrasta-se pelo chão, eles com Ela, elas com Ela também, Ela não tem pudores, a todos recebe, todos Nela entram.

E Nela vêm largar tudo o que traziam cá dentro: o esperma da alma, a ejaculação do espírito.

Correio da Manhã, 13 de Maio de 2011, Secção de Classificados: Fátinha, 2026 anos, convívio sem limites.

Gonçalo Fortes

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s