H3art

– Tu és química.

– Não, estou desempregada.

– Não era uma profissão, nem foi uma pergunta. Tu és química!

– Nos dias que correm não reajo muito, repouso apenas.

– Não borbulhas ao sol ou (solidi)ficas ao frio?

– Resisto bem às amplitudes térmicas.

– E à pressão de um quase-beijo, resistes?

– Depende… Às vezes tenho explosões nucleares na barriga…

– Borboletas não, porquê?

– Porque tu não disseste que eu era biologia. Ou entomologia.

– Ou então atracção?

– Não. Isso é física. Eu sou química.

– Mas também atrais…

– Tenho um núcleo de 3 corações. Coeso. Gravítico. Que te puxa…

– Pelo peito?

– Sim. Pelo teu núcleo.

– Para a tua barriga?

– Para o já não-quase beijo. Beijo.

– Tu? Tu és química.

 

Gonçalo Fortes

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s