Aberto até de madrugada

Nunca acredites no que um homem te diz durante a noite. Acredita no que um homem te diz durante o dia, mas à noite não.

Tremia sempre que ouvia o início desta frase. Um amigo de família, 10 anos mais velho, tomara para si a missão de lhe estragar todos os engates. Largava a bomba da dúvida e seguia caminho, beber o álcool que carregava e rir com os amigos à conta do rapazola. O rapazola lá ficava, a tentar recuperar o encanto perdido e confirmar o que já tinha dito. Às vezes dizia Amo-te, que o amigo tinha razão e tudo é válido para deixar cair aquele vestido leve, cheirar mais perto aquele perfume, intimidade da pele com pele, tocarem lábios e ventres.

Agora, anos mais tarde, percebe-a bem. À frase, não à rapariga daquela noite. Viveu-a vezes sem conta, o treino do Amo-te serviu para alguma coisa, todas as mulheres são objectos de luxúria e todos os dias têm uma noite.

Até que uma te provoca o dia! Dizes sim e não há escuro para te esconderes. As estórias assustadoras começam à noite, mas nunca niguém contou que o Sol faz escaldões, expõe borbotos, destaca manchas, poros e almas. E nada é mais excitador do que deixares espreitarem cá para dentro. Verem se é no dia que está a verdade. Dizes sim e vestes-te de nudez, os borbotos e as manchas deixam de ser problema…

Três da tarde, toca o telefone. Ela:

Queres beber um copo daqui a pouco?

Quero. Às 23h está bem para ti?

 

Gonçalo Fortes

 

Anúncios

One response to “Aberto até de madrugada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s